Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

A "felicidade" de Einstein vendida por 1,5 milhões de euros

A "felicidade" de Einstein vendida por 1,5 milhões de euros
Tamanho do texto Aa Aa

Duas mensagens escritas há quase cem anos por Albert Einstein foram vendidas por mais de um milhão e meio euros. Entre elas, uma que ficou conhecida como “a teoria da felicidade.”

Em novembro de 1922, após saber que iria ser Nobel da Física, o alemão recebeu uma mensagem no quarto do hotel Imperial, onde estava naquele dia hospedado em Tóquio, no Japão.

O leiloeiro Gal Wiener, diretor da Winner’s, em Jerusalém, recorda-nos o episódio: “Quando o moço de recados foi ao quarto dele, Einstein não tinha dinheiro para gorjeta. Por isso, pegou neste pedaço de papel e escreveu algumas palavras na respetiva caligrafia e deu a mensagem como compensação dizendo ao rapaz que naquele momento já era famoso e que aquilo iria provavelmente valer mais que uma gorjeta normal.”


No papel timbrado do hotel, Einstein escreveu: “Uma vida calma e humilde vai trazer-lhe mais felicidasde do que a busca pelo sucesso e a consequente agitação constante.”

No outro papel, deixou uma frase mais simples, mas igualmente profunda: “onde há um desejo, há um caminho.”


O físico alemão estava certo. Leiloadas em Israel, a primeira foi vendida por mais de um 1,5 milhões de dólares. A segunda, por 240 mil euros.

Tudo somado e feito o câmbio, as duas valeram mais de 1,5 milhão de euros.