This content is not available in your region

Judo-Abu Dhabi: Portugal à beira do pódio, Brasil conquista prata

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Judo-Abu Dhabi: Portugal à beira do pódio, Brasil conquista prata

Ouro para Van Snick, Joana Ramos deixa escapar bronze

No primeiro dia de ação no Grand Slam de Judo de Abu Dhabi, a belga Charline Van Snick conquistou a primeira medalha de ouro da competição ao derrotar a brasileira Erika Miranda, número 3 do Mundo, e ganhou também o título de judoca do dia.

A final na categoria de -52 quilos foi emocionante. Depois de Miranda conseguir um waza-ari, e com Van Snick numa posição aparentemente inócua nas costas, a belga trabalhou numa inteligente chave de braços, surpreendeu Miranda e levou a brasileira à submissão.

A judoca romena Alexandra-Larisa Florian teve uma excelente prestação em -52 quilos e conquistou uma das medalhas de bronze. Frente a Angelica Delgado, dos EUA, fez ippon com um fantástico uchi-mata.

A portuguesa Joana Ramos deixou escapar a medalha de bronze. Não conseguiu bater Gili Cohen.

Rafaela Silva na luta pelo ouro em -57Kg

A brasileira Rafaela Silva, campeã olímpica , enfrentou a campeã mundial, Sumiya Dorjsuren, na final de -57kg,

Uma repetição quase perfeita da final olímpica. Mas, desta vez, Dorjsuren inverteu o resultado do Rio ao superiorizar-se com um waza-ari no Ponto Dourado.

A número 1 do mundo adicionou mais uma medalha de ouro à sua coleção e reforçou o domínio como atual rainha da categoria.

Rússia rouba ouro da Sérvia em -48Kg

Num evento onde marcou presença o Sheikh Nahyan Bin Mubarak Al Nahyan, ministro da Cultura e Desenvolvimento do Conhecimento dos Emirados Árabes Unidos, o presidente da Federação Internacional de Judo, Marius Vizer, observou quando Irina Dolgova, em -48 quilos, arrecadou o ouro para a Rússia ao bater Milica Nikolic, da Sérvia.

A portuguesa Joana Diogo ficou na sétima posição.

Felipe Kitadai conquista prata em -60Kg

Na competição masculina, Sharafuddin Lutfillaev, do Uzbequistão, foi o judoca em destaque em -60 kg. Cheio de estilo, roubou o bronze ao cazaque Kyrgyzbayev com um uchi-mata ippon espetacular.

O presidente Vizer entregou a medalha de ouro da categoria ao campeão europeu Robert Mshvidobadze. O russo conquistou a sua primeira medalha de ouro num Grand Slam ao derrotar o brasileiro Felipe Kitadai.

Tal Flicker confirma excelente momento de forma

Em -66 quilos, houve uma vitória para um medalhista de bronze mundial. O israelita Tal Flicker derrotou Nijat Shikhalizada, do Azerbaijão, com um morote-seoi-nage para ippon.

Flicker está a ter um ano inesquecível, após a vitória sobre o judoca do Azerbeijão, soma já três medalhas de ouro.

Kyrgyzbayev brilha com ura-nage

O movimento do dia tem a assinatura do cazaque do Kyrgyzbayev. Frente a Lai, de Hong Kong, realizou um fenomenal exemplo de ura-nage. O contra-ataque mais devastador do judo.