Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Conservadores são favoritos à vitória nas legislativas

Conservadores são favoritos à vitória nas legislativas
Tamanho do texto Aa Aa

O Partido da Independência do primeiro-ministro conservador da Islândia terá conseguido a maioria dos votos nas eleições legislativas deste sábado.

Com cerca de metade dos boletins por apurar, os resultados indicam que Bjarni Benediktsson obtém 24,5% dos votos, conquistando 16 lugares no Parlamento, menos cinco do que aqueles que detém agora.

Benediktsson terá de encontrar novos parceiros para conseguir Governar.

Fora dessa coligação estará o movimento Esquerda-Verdes. A formação liderada por Katrin Jakobsdottir, aparece em segundo lugar, com 17,7% dos votos e conquista 11 lugares do Althingi.

Na madrugada deste domingo, Jakobsdottir não afastou a possibilidade de cooperação com o Partido do Centro, do antigo primeiro-ministro, Sigmundur David Gunnlaugsson, que obtém 10% dos votos.

Esta é a segunda vez que os islandeses elegem o Parlamento, no espaço de um ano.

O primeiro-ministro anunciou, em setembro a antecipação das eleições depois de o partido centrista Futuro Radioso ter anunciado que retirava o apoio parlamentar ao Governo de coligação, formado em janeiro.