EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Analista acredita que Puigdemont está na corrida

Analista acredita que Puigdemont está na corrida
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O que disse Puigdemont e o que queria dizer? Os analistas olham para o significado das palavras do até há bem pouco tempo homem forte da Catalunha de após a breve declaração deste sábado

PUBLICIDADE

Carles Puigdemont não fecha a porta a uma possível participação nas eleições agendadas para 21 de dezembro. Pelo menos é o que defendem vários analistas depois de ouvidas as declarações do líder catalão destituído por Madrid.

“A mensagem que gostava de transmitir é para que tenhamos paciência, perseverança e perspetiva. Por isso, acredito que a melhor maneira de defender o que conquistamos até hoje é pela oposição democrática à aplicação do artigo 155” afirma Puigdemont.

Para o consultor político Antoni Gutiérrez-Rubí estas palavras significam que Puigdemont aceitou que precisa um acordo: “Mediu as palavras e não reivindicou a República catalã. É surpreendente que não o tenha feito, nem tenha dito nada ou proposto algo que desrespeitasse o artigo 155. Apelou a uma oposição democrática sem dizer como e, uma pista importante da sua breve declaração, é que falou de paciência, perseverança e perspetiva como se estivesse a afastar-se do sonho e do desafio da independência, da sonhada, proclamada ou desejada república de outros tempos, para um tempo futuro.”

O analista considera que a porta está aberta já que Puigdemont não ter recusou ou questionou o escrutínio de 21 de dezembro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Vitória socialista nas eleições catalãs põe fim ao domínio pró-independência

Socialistas vencem eleições na Catalunha e terminam com 14 anos de maioria dos independentistas

Carles Puigdemont planeia candidatura à presidência da Catalunha