EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Donald Trump minimiza papel de Papadopoulos na campanha presidencial

Donald Trump minimiza papel de Papadopoulos na campanha presidencial
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Donald Trump afirma que os factos imputados a Paul Manfort são anteriores à sua participação na campanha eleitoral e chama mentiroso a George Papadopoulos

PUBLICIDADE

O presidente norte-americano minimiza o papel tido pelo antigo conselheiro, George Papadopoulos, que agora se assume culpado no caso das ligações com o governo russo.

Esta terça-feira, numa conferência de imprensa, Donald Trump ignorou as questões dos jornalistas sobre a acusação da justiça contra o seu antigo conselheiro, Georges Papadopoulous, assim como sobre o caso de Paul Manfort, que se encontra sob prisão domiciliária à espera de julgamento.

Trump: Obrigado. Obrigado a todos.
Repórter: Qual é a sua reação ao facto de George Papadopoulos se ter assumido como culpado?
Trump: Muito obrigado. Muito obrigado.

Através de diversos tweetes, como é seu hábito, Trump voltou a falar de falsas notícias, insistindo que os factos se passaram antes de Manafort trabalhar na sua campnha eleitoral.

The Fake News is working overtime. As Paul Manaforts lawyer said, there was “no collusion” and events mentioned took place long before he…

— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) 31 octobre 2017

….came to the campaign. Few people knew the young, low level volunteer named George, who has already proven to be a liar. Check the DEMS!

— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) 31 octobre 2017

Sobre Papadopoulos, o seu conselheiro de política externa durante a campanha, não hesita em chamar-lhe mentiroso e diz que era apenas um voluntário que ninguém conhecia.

As fotos da época mostram, no entanto, Georges Papadopoulos em reuniões do grupo próximo do candidato, com a presença do próprio Donald Trump.

A Associated Press confirmou, entretanto, a identidade dos dois contactos de Papadopoulos – o Diretor da Academia da Diplomacia de Londres, Joseph Mifsud e Ivan Timofeev, o diretor do Conselho russo dos Assuntos Internacionais.

Partilhe esta notíciaComentários