EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Cerco militar deixa Marawi irreconhecível

Cerco militar deixa Marawi irreconhecível
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A cidade do sul das Filipinas foi palco de duros combates entre o exército do país e um grupo ligado ao Daesh.

PUBLICIDADE

As mais recentes imagens captadas por um drone em Marawi, no sul das Filipinas, mostram a cidade completamente destruída, depois da operação militar que matou mais de mil e cem pessoas.

Os residentes começam a voltar à cidade para encontrar aquilo que resta das casas onde viviam. O cerco durou cinco meses. O exército filipino acabou por conseguir expulsar os combatentes de um grupo radical ligado ao Daesh.

As pilhagens, tanto dos militares filipinos, como dos combatentes radicais, levaram quase tudo o que a guerra não destruiu. A maioria dos residentes de Marawi que agora começam a voltar ficou sem nada. Uma grande zona da cidade, onde se desenrolaram os maiores combates, continua interdita à população, até se completar o desarme dos explosivos que ficaram para trás.

Coalition strategy is clear. #Mosul, #Raqqa, #Sirte, #Marawi. pic.twitter.com/14skXtMIoP

— solvemee (@solvemee) October 25, 2017

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Zelenskyy faz visita inesperada às Filipinas para promover Cimeira de Paz

Onda de calor obriga milhões de pessoas a ficar em casa

O mundo celebrou a Páscoa