Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Viúva negra japonesa condenada à morte

Viúva negra japonesa condenada à morte
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal de Quioto, no Japão, condenou à morte uma mulher de 70 anos. A “viúva negra”, como é conhecida, foi considerada culpada pela morte, por envenenamento com cianeto, de três homens, um deles com quem foi casada e dois outros com quem viveu uniões de facto, e pela tentativa de assassinar um terceiro, para ficar com as suas fortunas e pagar dívidas que tinha acumuladas. Chisako Kakehi conhecia os seus parceiros, que exigia fossem milionários, em sites de encontros. A defesa alegou demência e a possibilidade de que algumas das vítimas tivessem morrido de outras causas já que nem todas foram autopsiadas. Mas o tribunal distrital de Quioto considerou que havia provas suficientes para a condenação.