Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Michael Flynn suspeito de negociar entregar Fethullah Gulen à Turquia

Michael Flynn suspeito de negociar entregar Fethullah Gulen à Turquia
Tamanho do texto Aa Aa

Michael Flynn está envolvido numa nova polémica.

De acordo com o Wall Street Journal e a televisão NBC, o antigo conselheiro de Segurança Nacional da Casa Branca é suspeito de estar envolvido num alegado plano para raptar o clérigo turco, opositor do regime Fethullah Gulen para depois o entregar à Turquia em troca de 15 milhões de dólares.


O advogado de Flynn já se pronunciou. Robert Kelner classificou as reportagens de “ultrajantes” e “falsas”.

Segundo os media, o procurador especial Robert Mueller está a investigar uma reunião entre Flynn, o filho deste, Michael Flynn Jr., e altos dirigentes do Governo de Ancara, logo após a eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos da América.

Os dois órgãos de comunicação social citam fontes envolvidas no inquérito conduzido por Mueller sobre a alegada intervenção russa nas eleições presidenciais de novembro de 2016.

A reunião terá ocorrido em dezembro de 2016 e terá incidido nos pormenores do rapto. Fethullah Gulen deveria ser levado, num avião privado, até à ilha-prisão de Imrali, no Mar de Marmara.

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, acusa o clérigo de ser o cérebro da tentativa de golpe de Estado de julho de 2016.

Com: Lusa, Reuters