Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

França recorda vítimas dos atentados de Paris

França recorda vítimas dos atentados de Paris
Tamanho do texto Aa Aa

A França recorda as vítimas do ataque terrorista mais mortífero na história do país.
Esta segunda-feira, passam dois anos desde os ataques coordenados no Stade de France, na sala de espetáculos Bataclan e em vários cafés e restaurantes, na zona norte de Paris.
Morreram 130 pessoas e mais de 350 ficaram feridas.

Emmanuel Macron vai participar nas homenagens previstas para hoje, em Paris e Saint-Denis, em todos os locais onde aconteceram os ataques.

No final de outubro, o presidente francês assinou a nova lei antiterrorista, que substitui o estado de emergência, em vigor desde os ataque de 13 de novembro de 2015.

Na sua conta do twitter, o ministro do interior francês escreveu que a ameaça continua elevada e a vigilância é máxima.

A nova lei antiterrorista, uma promessa eleitoral de Macron, reforça os poderes dos serviços de segurança. Uma das novas medidas permite às autoridades fechar locais de culto “que incitem à prática de atos terroristas”.