Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Militar norte-coreano atingido com 40 tiros depois de passar fronteira

Militar norte-coreano atingido com 40 tiros depois de passar fronteira
Tamanho do texto Aa Aa

O soldado do regime Kim-Jong-un quis fugir para o país vizinho, Coreia do Sul, e assim o fez. Conseguiu passar a fronteira entre os dois países, dentro de uma carrinha a alta velocidade. Teve um problema num dos pneus, o que o obrigou a continuar o caminho a pé. Foi nesse momento que foi atingido por soldados norte-coreanos. Fugiu, debaixo de fogo e conseguiu ficar escondido já em territorio da Coreia do Sul.
Foi encontrado, mais tarde, por soldados sul coreanos que rapidamente o levaram para o hospital, onde está agora em estado grave. Das 40 balas com que foi atingido, os médicos ainda só conseguiram retirar cinco.
Kug-Lee-Jung. o médico cirurgião que operou o militar ferido, disse à imprensa sul coreana que vão continuar a operá-lo até ele continuar bem: “Há mais do que sete roturas em orgãos internos e algumas delas são profundas.”

A Coreia do Norte mantém a vigilância apertada, nesta que é a primeira fuga em dez anos pela fronteira entre os dois países, feita por um militar do regime norte-coreano.