EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Nepaleses nas urnas depois de adotada nova Constituição

Nepaleses nas urnas depois de adotada nova Constituição
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cerca de 3,2 milhões de eleitores são, hoje, chamados às urnas no norte do Nepal. A segunda fase do escrutínio está agendada para a primeira semana de dezembro

PUBLICIDADE

Os nepaleses começaram a votar, este domingo, na esperança de virar a página da instabilidade que mina o país desde o fim da guerra civil. As eleições para as assembleias nacionais e provinciais são as primeiras desde a adoção da nova Constituição em 2015.

O texto para converter o Nepal num Estado federal – dividido em regiões – começou a ser redigido, em 2008, dois anos depois da revolta maoista que levou à morte de 17 mil pessoas e pôs fim à monarquia hindu.

“Este é um grande momento para todos os nepaleses e um dia histórico para o nosso país. A estrutura federal já existe noutros Estados e espero que traga estabilidade ao Nepal” afirma o nepalês Surya Lal Sherestha.

A transição democrática no país ficou marcada pela instabilidade política. Nos últimos 11 anos, o Nepal mudou de 10 vezes o primeiro-ministro.

As eleições vão decorrer em duas fases. Hoje, vão às urnas os eleitores no norte – cerca de 3.2 milhões – e, a 07 de dezembro, os do sul do país.

A polícia mantém-se em alerta máximo. Desde sexta-feira, as forças de segurança garantem ter desativado cerca de 30 engenhos explosivos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nepal volta a ser abalado por sismo

Mais de 150 mortos após forte sismo registado perto da meia-noite no Nepal

Parada LGBTQ+ no Nepal