Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Airbnb pagou a Lisboa quase cinco milhões de euros

Um dos bairros lisboetas mais procurados pelos turistas é Alfama
Um dos bairros lisboetas mais procurados pelos turistas é Alfama -
Direitos de autor
Miguel Vieira
Tamanho do texto Aa Aa

A plataforma de alojamento Airbnb informou que, desde 01 de maio de 2016, já entregou à Câmara de Lisboa quase cinco milhões de euros na cobrança de taxa turística.

Durante o ano de 2017, o valor alcançado foi de 3,1 milhões de euros, sendo a Airbnb a única plataforma a coletar a taxa turística (um euro por noite) para a Câmara Municipal de Lisboa.

Na sexta-feira, a empresa irá lançar uma nova ferramenta de registo de anúncios, reforçando a parceria com a comunidade Airbnb em Portugal ao trabalhar em cooperação com as autoridades locais.

"Queremos ser bons parceiros para Portugal e, por isso mesmo, estamos orgulhosos de introduzir esta ferramenta de registo e de ajudar as famílias locais a partilhar as suas casas e a seguir todas as regras. Estamos também cientes de que o alojamento local é um motor económico que ajuda os governos a aumentar as suas receitas fiscais e as comunidades. Os anfitriões querem pagar a sua justa parte de impostos e estamos muito satisfeitos por trabalhar com o governo para ajudá-los, ao mesmo tempo que continuamos a liderar esta indústria neste tema", refere em comunicado Arnaldo Muñoz, representante da Airbnb em Portugal.

A nova ferramenta, esclarece a plataforma, irá tornar mais fácil aos anfitriões a introdução do respetivo número de registo de alojamento na página do anúncio, num incentivo ao cumprimento das regulamentações locais e, ao mesmo tempo, mantendo-os informados e atualizados sobre eventuais alterações às leis.

Cidade Europeia do Desporto em 2021