A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Fosfatos e saúde pública em debate na União Europeia

Fosfatos e saúde pública em debate na União Europeia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A questão da saúde pública e segurança alimentar continua na ordem do dia.

Depois do glifosato, agora é a vez dos fosfatos. Será que a sua utilização tem consequências negativas para a saúde humana?

O comité de saúde do Parlamento Europeu afirma que é preciso agir com precaução e aguardar pelos resultados de um estudo que apenas será publicado no próximo ano.

Os fosfatos estão presentes em muitos alimentos, desde o simples kebab até às refeições pré-cozinhadas. Na chamada restauração rápida, a sua utilização é frequente. Utilização destes aditivos permite o congelamento homogéneo evitando disparidades na altura em que o produto é servido aos clientes.

Alguns estudos contudo apontam para riscos potenciais ao nível do sistema cardiovascular, uma opinião que ainda não reúne total consenso.

A Comissão Europeia, entretanto, já veio a público esclarecer que a sua prioridade é a saúde pública e que não está em causa a proibição de kebabs ou quaisquer outros produtos da restauração rápida.

Enquanto isso, em dezembro, o Parlamento Europeu irá pronunciar-se sobre esta questão em sessão plenária.