Conflitos entre palestinianos e polícia após declarações de Trump

Conflitos entre palestinianos e polícia após declarações de Trump
Direitos de autor REUTERS
De  Ana Serapicos
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Centenas de manifestantes saíram às ruas contra a decisão de Trump de assumir Jerusalém como capital de Israel

PUBLICIDADE

Já se previa que as declarações de Donald Trump, de assumir Jerusalém como capital de Israel, poderiam levantar muito pó ao mundo palestiniano. E assim foi. Em pleno dia de oração, nem por isso se poupou nos conflitos. 

Centenas de palestinianos saíram às ruas de Jerusalém e da Cisjordânia para protestarem.

Foram acionadas forças de segurança Israelitas para reforçar as ruas de Jerusalém. Em Hebron e em Belém, cidades palestinianas, na Cisjordânia, foi onde a tensão entre manisfestantes e as forças policiais foi mais intensa.

Segundo relatos de vários jornalistas no local, houve disparos de balas borracha e uso de gás lacrimogéneo contra jovens manifestantes.

Em Hebron, centenas de manifestantes escondidos em vários pontos da cidade, de cara tapada, lançaram pedras contra os soldados israelitas.

Há registo de pelo menos um morto, na Faixa de Gaza, e dezenas de feridos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Liga Árabe 'cancela' encontro entre Mahmoud Abbas e Mike Pence

Manifestações em Israel exigem eleições antecipadas e libertação dos reféns

Hamas reivindica atentado mortífero em Jerusalém