Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Conflitos entre palestinianos e polícia após declarações de Trump

Conflitos entre palestinianos e polícia após declarações de Trump
Direitos de autor
REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

Já se previa que as declarações de Donald Trump, de assumir Jerusalém como capital de Israel, poderiam levantar muito pó ao mundo palestiniano. E assim foi. Em pleno dia de oração, nem por isso se poupou nos conflitos. 

Centenas de palestinianos saíram às ruas de Jerusalém e da Cisjordânia para protestarem.

Foram acionadas forças de segurança Israelitas para reforçar as ruas de Jerusalém. Em Hebron e em Belém, cidades palestinianas, na Cisjordânia, foi onde a tensão entre manisfestantes e as forças policiais foi mais intensa.

Segundo relatos de vários jornalistas no local, houve disparos de balas borracha e uso de gás lacrimogéneo contra jovens manifestantes.

Em Hebron, centenas de manifestantes escondidos em vários pontos da cidade, de cara tapada, lançaram pedras contra os soldados israelitas.

Há registo de pelo menos um morto, na Faixa de Gaza, e dezenas de feridos.