Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Eleições em Itália a 4 de março

Eleições em Itália a 4 de março
Tamanho do texto Aa Aa

Começou a contagem decrescente para as eleições legislativas em Itália. O escrutínio, o primeiro a ser realizado ao abrigo da nova lei eleitoral, deverá acontecer a 4 de março do ano que vem, pelo menos de acordo com os meios de comunicação social do país que citam fontes do Governo.

A data foi, ao que tudo indica, acertada após a sugestão do Presidente Sergio Matarella e tornou-se clara depois de receber a "luz verde" dos principais partidos, no Governo e na oposição.

O primeiro-ministro, Paolo Gentiloni, e os respetivos ministros deverão permanecer em funções até ao dia das eleições mas a dissolução do parlamento deverá acontecer entre o Natal e o Ano Novo, de acordo com o portal "Affari Italiani."

O prenúncio de um fim-de-ano movimentado para o destino político de Itália.