Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Emmanuel Macron recusa acusações de Bashar al Assad

Emmanuel Macron recusa acusações de Bashar al Assad
Tamanho do texto Aa Aa

Continua a troca de acusações entre o presidente francês e o presidente sírio.

Emmanuel Macron recebeu hoje, no Eliseu, o secretário-geral da NATO. Depois do encontro, em conferência de imprensa, respondeu às declarações de Bashar al Assad, que esta terça-feira acusou a França de apoiar massacres na Síria. Uma situação, diz Assad, que coloca Paris de fora da discussão sobre os acordos de paz.

Macron lamentou as palavras do presidente sírio e garantiu que a guerra contra o Daesh é uma prioridade para o governo francês.

As difíceis negociações de paz para a Síria promovidas pelas Nações Unidas começaram em Genebra, no ano passado, mas até agora não há solução para o conflito.

O mediador da ONU para a Síria acusou esta sexta-feira o governo de Damasco de não querer realmente negociar.