Última hora

Governo turco "elimina" mais 2700 funcionários públicos

reuters
reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O governo turco está, desde Julho deste ano, a fazer uma "limpeza" ao setor público. Erdogan acredita que há vários funcionários do setor que estão ligados a grupos que têm como alvo o governo.

Desde a tentativa de golpe de estado contra o presidente que cerca de 50 mil pessoas foram detidas e 150 mil foram afastadas de postos de trabalhos públicos. O presidente turco acredita que Fethullah Gulen foi responsável pela ira que surgiu contra o governo.

No mesmo dia em que a Turquia anuncia mais despedimentos no setor público...anuncia também mais contratações.

Erdogan quer, em 2018,  contratar mais 110 mil funcionários para substituir os que foram afastados por ligações que acredita serem atentados contra o governo. 

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.