Última hora

Última hora

Assaltantes roubam milhões em jóias do Hotel Ritz de Paris

Em leitura:

Assaltantes roubam milhões em jóias do Hotel Ritz de Paris

Assaltantes roubam milhões em jóias do Hotel Ritz de Paris
Tamanho do texto Aa Aa

O hotel Ritz de Paris foi esta quarta-feira alvo de um assalto milionário digno de um filme de Hollywwod, com um grupo de cinco assaltantes a roubar jóias no valor de mais de quatro milhões de euros.

Encapuzados e equipados com machados e armas de fogo, os assaltantes entraram pela Rue Cambon, nas traseiras da unidade hoteleira, disparando tiros e partindo montras e expositores para roubar as jóias. Três dos suspeitos foram detidos quase de imediato pela polícia parisiense, que recuperou já também uma parte do milionário saque. No entanto, os dois outros elementos do grupo, que fugiram num carro e numa mota, permanecem ainda a monte. Apesar do aparato criado pelo roubo na famosa Place Vendome, no centro da cidade parisiense, não se registaram feridos.

"Eu estava no bar do Ritz, estava a beber um cocktail. Foi então que ouvimos tiros. Eles pediram-nos para não nos virarmos para eles, mas na verdade voltámo-nos. Vi homens encapuzados com armas e pensei que o meu único objetivo era fugir dali. Por isso, escapei através do bar e corri", revelou Jennifer, uma testemunha do assalto.

O centenário hotel, inaugurado em 1898, sofreu recentemente obras de renovação e pertence ao milionário egípcio Mohammed Al-Fayed.

O ministro francês do Interior, Gérard Colomb, elogiou já a atuação das forças de autoridade, que foram rápidas a deter três dos elementos.

Os roubos de jóias nas avenidas mais luxuosas de Paris são já algo comum na cidade.

O caso mais mediático num passado recente foi o que visou a celebridade americana Kim Kardashian, a quem os assaltantes roubaram jóias no valor de nove milhões de euros.