Última hora

Última hora

Colapso de andar da Bolsa indonésia faz 77 feridos

Em leitura:

Colapso de andar da Bolsa indonésia faz 77 feridos

Colapso do andar acabou por não afetar a atividade bolsista
@ Copyright :
Ahmad Sarwat via REUTERS ATTENTION EDITORS
Tamanho do texto Aa Aa

O colapso do primeiro andar de uma das torres da bolsa indonésia, em Jacarta, provocou esta segunda-feira pelo menos 77 feridos. O incidente aconteceu perto da hora do almoço, quando o chão cedeu e desabou sobre o 'lobby' da Bolsa, sem causar, porém, qualquer vítima mortal.

A área estava repleta de trabalhadores, mas também de estudantes, de visita às instalações que albergam igualmente os escritórios locais do Banco Mundial. De acordo com as informações prestadas pelas autoridades, a maior parte dos ferimentos sofridos não passaram de fraturas ou contusões.

A polícia de Jacarta montou rapidamente um perímetro de segurança para proteção e transporte dos feridos em ambulâncias para os hospitais da cidade. Embora as causas do colapso não sejam ainda conhecidas, já foi descartada a existência de uma bomba no interior da torre.

O complexo bolsista indonésio foi construído durante os anos 90, com uma das torres a ficar pronta em 1994 e a segunda em 1998. Em 2000, a segunda torre foi abalada por um ataque bombista de militantes islâmicos em 2000, que causou a morte a dez pessoas.

A Bolsa manteve a sua atividade normal e retomou a sessão da tarde sem interrupções, com o índice a fechar praticamente sem alterações: uma subida de 0,1 por cento para 6,382.19 pontos.