This content is not available in your region

Senado dos EUA confirma Jerome Powell com presidente do banco central

Access to the comments Comentários
De  Miguel Roque Dias  com Lusa
euronews_icons_loading
Senado dos EUA confirma Jerome Powell com presidente do banco central
Direitos de autor  REUTERS/Joshua Roberts

O Senado dos Estados Unidos da América aprovou a escolha de Donald Trump e confirmou Jerome Powell como presidente da Reserva Federal (Fed).

Powell, de 64 anos, é conhecido como um construtor de consensos e pode ajudar a economia norte-americana assumindo o papel de mediador entre os responsáveis do banco central.

Centrista, o novo líder da Reserva Federal conta com o apoio de democratas e republicanos.

Em Davos, na Suíça, no Fórum Económico, o ex-economista do Fundo Monetário Internacional, Kenneth Rogoff, acredita que Powell é uma boa escolha, no entanto adverte que o mercado poderá cair cerca de 20% o que pode levar a conflitos com Donald Trump. A Fed terá de responder que não gere o mercado de ações, que a inflação está a subir e que a economia está no bom caminho. Para Rogoff, a existir conflito, isso poderá ser preocupante.

Jerome Powell inicia o mandato em fevereiro e sucede a Janet Yellen, a primeira mulher a liderar a Reserva Federal, que não foi reconduzida por Donald Trump.