A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Raila Odinga faz "tomada de posse" simbólica no Quénia

Raila Odinga faz "tomada de posse" simbólica no Quénia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Pode não ter sido oficialmente eleito, mas o líder da oposição queniana, Raila Odinga, participou numa cerimónia de tomada de posse.

Mesmo se foi apenas uma cerimónia simbólica. Num palco montado no aeroporto de Nairobi, prestou juramento perante o povo. Odinga foi derrotado plo presidente em exercício, Uhuru Kenyatta, nas eleições gerais de agosto. A oposição denuncia uma alegada fraude - um argumento que Odinga continua a defender: "Hoje, é um dia histórico para o nosso país. Pela primeira vez, os quenianos tomaram a decisão de sair desta ditadura, que está no poder devido ao roubo de votos", disse o candidato derrotado.

A esta cerimónia simbólica no aeroporto acorreram milhares de pessoas, mas não houve problemas. Já noutras zonas da capital queniana, as manifestações a favor de Odinga acabaram em confrontos com a polícia, que chegou a usar gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes. As rádios e televisões que estavam a transmitir esta tomada de posse fictícia foram silenciadas à força pelas autoridades.