EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Estónia e Rússia trocam espiões capturados e perdoados

O momento da troca de espiões na fronteira entre ambos os países
O momento da troca de espiões na fronteira entre ambos os países
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Empresário estónio da aeronáutica, Raivo Susi, tinha sido condenado pela justiça russa a 12 anos. O russo Artiom Zintchenko tinha sido condenado na Estónia a cinco anos de prisão

PUBLICIDADE

A Estónia e a Rússia trocaram dois respetivos cidadãos condenados por espionagem no lado oposto da fronteira.

Detido há dois anos, o empresário estónio da aeronáutica Raivo Susi tinha sido condenado em dezembro, na Rússia, a 12 anos de prisão.

Na Estónia, o russo Artiom Zintchenko também foi apanhado a espiar para os serviços secretos militares da Rússia e foi condenado no ano passado a cinco anos de prisão.

Os dois condenados decidiram avançar com um pedido de perdão, que terão sido aceites pelos presidentes dos respetivos países.

Estónia e Rússia decidiram avançar com a troca de prisioneiros, sábado de manhã, no posto fronteiriço de Koidula, no sudeste da Estónia, a poucos quilómetros da cidade russa de Pechory.

A operação foi filmada pela polícia de segurança da Estónia, que agora divulgou as imagens.

O porta-voz da policia estónia salienta que "este caso indica que o perigo colocado pelos serviços secretos russos é grande no território russo e, infelizmente, deve ser tido em conta por várias pessoas que, pelo trabalho, relações pessoais ou por quaisquer outros motivos, venham a detetar ações dos serviços secretos russos."

"Fica claro que os serviços de contraespionagem estónios têm de reagir contra estes espiões russos ativos na Estónia", referiu Harrys Puusep, o porta-voz da polícia de segurança da Estónia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estónia intensifica esforços para combater ataques híbridos russos

Civis da Estónia treinam guerra de trincheiras com soldados franceses da NATO

Países Bálticos assinalam os 75 anos das deportações em massa soviéticas para a Sibéria