Última hora

Última hora

Antonov AN-148 caiu "como uma folha morta"

Em leitura:

Antonov AN-148 caiu "como uma folha morta"

Antonov AN-148 caiu "como uma folha morta"
Tamanho do texto Aa Aa

O gelo pode ser um dos motivos que levou à queda do Antonov AN-148, na Rússia. É pelo menos essa uma das hipóteses que defende um instrutor de voo e piloto russo:

"A trajetória que estava a seguir, que me parece estranha, pode indicar que o piloto testou os instrumentos de voo e que algo estava, aparentemente, errado. Podia ser uma espécie de crosta de gelo. Existe uma que é normal e outra que é mais forte, o que significa que há tanto gelo amontoado no avião que pode mudar o seu alinhamento. O gelo é muito pesado, já para não falar nos pedaços de gelo que podem entrar no motor e fazer um ou mesmo os dois pararem.

O avião estava a descer sem qualquer controlo e trepidava ao mesmo tempo até começar a cair das nuvens como uma folha morta, demorou apenas alguns segundos, apenas", explica Andrei Krasnoperov, piloto e instrutor de voo.

A porta-voz do Comité de Investigação russo, Svetlana Petrenko, garante que no momento do acidente não havia fogo a bordo do avião e que a explosão ocorreu depois que de o avião cair.