A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

O projeto Utofia e a pesca controlada

O projeto Utofia e a pesca controlada
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Euronews visitou um centro de aquacultura em Múrcia, sudeste de Espanha, especializado na produção de atum vermelho, peixe cuja pesca é estritamente controlada pelas autoridades europeias.

Um grupo de cientistas trabalha no projeto Utofia, financiado por fundos europeus, no quadro Horizon 2020, cujo objetivo é o desenvolvimento de uma câmera de alta precisão que permite filmar fundos submarinos, mesmo em águas turvas.

A tecnologia utilizada é bastante precisa e é isso mesmo que procuram pescadores e produtores. De acordo com os cientistas, o aparelho utiliza raios luminosos para recolher dados sobre os objetos que encontra no seu campo de visão.

Trata-se de um laser, acionado várias vezes por segundo e controlado pela própria câmera, que abre e fecha o sensor à medida que analisa os fundos dos oceanos. O sensor consegue calcular a distância entre a câmera e o objeto a fotografar, porque calcula o tempo de partida e de chegada do laser.


A tecnologia permite filmar a grandes distâncias com boa resolução, algo difícil para as câmeras utilizadas atualmente. Mas do que produzir bonitas imagens, a câmera permite armazenar dados em 3D.

A tecnologia desenvolvida no projeto Utofia poderá ajudar os produtores a seguir o crescimento dos atuns. A câmera consegue também capturar imagens em águas turvas ou nos fundos marinhos, carregados de particulas.

Os investigadores esperam que a câmera possa ser utilizada em menos de cinco anos. Uma tecnologia útil também para outras atividades, como a deteção de poluição ou o estudo da biodiversidade dos fundos marinhos