Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Visita de líder da Sérvia à Croácia tenta fechar feridas da guerra

Visita de líder da Sérvia à Croácia tenta fechar feridas da guerra
Direitos de autor
REUTERS/Antonio Bronic
Tamanho do texto Aa Aa

Num clima de alguma tensão, o Presidente da Sérvia iniciou, segunda-feira, uma visita de dois dias à Croácia. Aleksander Vucic sabe que precisa de melhorar as relações com este vizinho, que já é membro da União Europeia, para poder conduzir o seu próprio país ao clube comunitário.

Por seu lado, a Presidente da Croácia, Karolina Grabar-Kitarocic, afirmou que "infelizmente, as relações entre a Sérvia e a Croácia são difíceis devido ao peso do passado". 

"Não falámos hoje sobre o passado, que ainda nos impede de classificar as relações entre os dois países como amigáveis. Mas é nossa obrigação, como Presidentes que foram eleitos pelas suas populações, que conversemos para tentar encontrar terreno comum e resolver as questões que nos dividem", acrescentou Karolina Grabar-Kitarocic.

Cerca de mil pessoas manifestaram-se contra a visita, recordando as feridas abertas entre as duas das repúblicas da ex-Jugoslávia, que se enfrentaram numa guerra entre 1991 e 1995.

Os dois Presidentes prometem dialogar ao longo dos dois próximos anos para resolver questões de fronteira, antes de pedirem a intervenção de um tribunal internacional.

Os líderes decidiram, ainda, intensificar o trabalho para encontrar pessoas desaparecidas durante a guerra e melhorar os direitos das minorias.

Ao nível económico, um fórum empresarial vai tentar fortalecer as trocas entre os dois países.