Português Arthur Hanse termina Slalom Gigante na 66ª posição

Português Arthur Hanse termina Slalom Gigante na 66ª posição
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Nascido em França e a residir em Paris, o esquiador português volta a competir em PyeongChang2018 na quinta-feira, na prova de slalom.

PUBLICIDADE

O esquiador português Arthur Hanse ficou na 66.ª posição no slalom gigante dos Jogos Olímpicos de Inverno Pyeongchang'2018, na Coreia do Sul. Nascido em França, Hanse fechou a prova com um tempo total de 2:43.95 minutos, a quase 26 segundos do vencedor, Marcel Hirsher. Neste slalom gigante participaram 85 esquiadores.

Marcel Hirscher conquistou então o segundo título olímpico ao ganhar a prova de slalom gigante nos jogos de inverno de Pyeongchang.O austríaco mostrou porque era favorito: logo na primeira manga fez o melhor tempo, deixando para trás os principais adversários. A medalha de ouro em combinado e no slalom gigante juntam-se aos seis títulos na Taça do Mundo de Esqui Alpino.

O norueguês Henrik Kristoffersen ficou a um segundo e 27 centésimos do vencedor e logo depois, com a medalha de bronze, o francês Alexis Pinturault, com mais um segundo e 31 centésimos.

A Noruega consolida assim a liderança nos Jogos de Inverno com a conquista de mais duas medalhas de ouro.

O francês Martin Fourcade, venceu, no 'photo-finish', a prova de saídas em grupo do biatlo, Fourcade assegurou, assim, o seu quarto título na carreira e tornou-se no francês mais titulado, tanto em Jogos de inverno, como de verão, juntamente com dois atletas da esgrima.

O alemão Simon Schempp conquistou o segundo lugar enquanto a terceira posição do pódio foi ocupada pelo norueguês Emil Hegle Svendsen. O Norueguês Oystein Braaten arrecadou a medalha de ouro de esqui acrobático slopestyle, nos Jogos Olímpicos de PyeongChang. O atleta de 22 anos totalizou 95 pontos no Phoenix Snow Park, batendo o norte-americano Nick Goepper e o canadiano Alex Beaulieu-Marchand.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Patinadora russa Kamila Valieva suspensa quatro anos por doping

Olímpicos de Pequim: O balanço

Inteligência Artificial Olímpica