Última hora

Última hora

Temer assina decreto para que Exército assuma controlo da segurança no Rio

Em leitura:

Temer assina decreto para que Exército assuma controlo da segurança no Rio

Temer assina decreto para que Exército assuma controlo da segurança no Rio
Tamanho do texto Aa Aa

Para o Presidente do Brasil, o crime organizado e a espiral de violência que tomaram conta do Estado do Rio de Janeiro são como uma metástase. Michel Temer disse por isso que chegou a hora de adotar uma "medida extrema." E adotou.

Assinou um decreto de envio do Exército para o terreno onde assumirá a responsabilidade pelo comando das Polícias Civil e Militar no Estado.

"No momento em que as coisas degenerarem aqui a tendência é de degenerar em outros Estados. Não queremos isso. Queremos o Rio de Janeiro com medidas firmes e seguras para proteger os mais vulneráveis", sublinhou Michel Temer.

A manobra está longe de gerar consenso na opinião pública, que alerta para a necessidade de cautela.

Mesmo com um dispositivo policial reforçado, 43% maior do que em 2017, o Carnaval deste ano não escapou à violência.

Os arrastões somaram-se aos furtos ao mesmo tempo que os enredos das escolas usavam o compasso do samba para protestar contra a era Temer.