Última hora

Temer assina decreto para que Exército assuma controlo da segurança no Rio

Temer assina decreto para que Exército assuma controlo da segurança no Rio
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Para o Presidente do Brasil, o crime organizado e a espiral de violência que tomaram conta do Estado do Rio de Janeiro são como uma metástase. Michel Temer disse por isso que chegou a hora de adotar uma "medida extrema." E adotou.

Assinou um decreto de envio do Exército para o terreno onde assumirá a responsabilidade pelo comando das Polícias Civil e Militar no Estado.

"No momento em que as coisas degenerarem aqui a tendência é de degenerar em outros Estados. Não queremos isso. Queremos o Rio de Janeiro com medidas firmes e seguras para proteger os mais vulneráveis", sublinhou Michel Temer.

A manobra está longe de gerar consenso na opinião pública, que alerta para a necessidade de cautela.

Mesmo com um dispositivo policial reforçado, 43% maior do que em 2017, o Carnaval deste ano não escapou à violência.

Os arrastões somaram-se aos furtos ao mesmo tempo que os enredos das escolas usavam o compasso do samba para protestar contra a era Temer.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.