EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Temer assina decreto para que Exército assuma controlo da segurança no Rio

Temer assina decreto para que Exército assuma controlo da segurança no Rio
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Carnaval foi marcado por uma vaga de violência

PUBLICIDADE

Para o Presidente do Brasil, o crime organizado e a espiral de violência que tomaram conta do Estado do Rio de Janeiro são como uma metástase. Michel Temer disse por isso que chegou a hora de adotar uma "medida extrema." E adotou.

Assinou um decreto de envio do Exército para o terreno onde assumirá a responsabilidade pelo comando das Polícias Civil e Militar no Estado.

"No momento em que as coisas degenerarem aqui a tendência é de degenerar em outros Estados. Não queremos isso. Queremos o Rio de Janeiro com medidas firmes e seguras para proteger os mais vulneráveis", sublinhou Michel Temer.

A manobra está longe de gerar consenso na opinião pública, que alerta para a necessidade de cautela.

Mesmo com um dispositivo policial reforçado, 43% maior do que em 2017, o Carnaval deste ano não escapou à violência.

Os arrastões somaram-se aos furtos ao mesmo tempo que os enredos das escolas usavam o compasso do samba para protestar contra a era Temer.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Brasil: foram chamados para salvar crianças, mas acabaram numa operação de "salvamento" de armas

Dança criada por jovens nas favelas do Rio é declarada património cultural

Cheias no Brasil deixam mais de 100 mortos e milhares de desalojados