Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Embaixada francesa no Burkina Faso alvo de atentado

Embaixada francesa no Burkina Faso alvo de atentado
Direitos de autor
REUTERS/Anne Mimault
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Terminaram os atentados em Ouagadougou que tiveram como alvo o quartel-general do exército, o Instituto Francês e a embaixada de França na capital do Burkina Faso.

Os ataques coordenados levaram o embaixador francês para a região africana do Sahel ocidental, Jean-Marc Châtaigner, a classificá-los de "ataques terroristas".

Segundo o Governo do Burkina Faso, pelo menos sete soldados burquinenses morreram no combate aos atacantes, no bairro diplomático da capital.

De acordo com o porta-voz do Executivo, Remis Dandjinou, seis dos agressores foram abatidos pelas forças de segurança. Não registo de baixas de civis.

Não registo de baixas de civis.

Este foi o terceiro atentado em Ouagadougou em pouco mais de dois anos.

O ataque desta sexta-feira ainda não foi reivindicado, os anteriores foram perpetrados por grupos com ligações à Al-Qaida como retaliação pela participação do Burkina Faso na luta contra grupos islamistas na região.