A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Conflito na Síria entra no oitavo ano

Crianças evacuadas de Ghouta Oriental (13 de março)
Crianças evacuadas de Ghouta Oriental (13 de março) -
Direitos de autor
REUTERS/Bassam Khabieh
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O conflito na Síria entrou esta quinta-feira no oitavo ano, com um sangrento balanço de mais de 350.000 vítimas mortais e sem fim à vista para a violência, perfeitamente ilustrada pela ofensiva do regime contra Ghouta Oriental.

O Exército sírio conseguiu entrar ao fim do dia desta quarta-feira em Hammuriyeh, localidade chave do enclave rebelde, submetido a uma campanha de intensos bombardeamentos desde 18 de fevereiro.

Várias dezenas de civis puderam sair ontem de Ghouta, mas a ONU tinha antes assinalado que um milhar de pessoas precisam de ser evacuadas com urgência "por razões médicas".

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, o assalto do regime ao último bastião insurgente, a leste de Damasco, já matou mais de 1200 civis e fez outros 4600 feridos.