Última hora

Fundador do Facebook convocado pelo parlamento britânico

Fundador do Facebook convocado pelo parlamento britânico
Direitos de autor
REUTERS/Stephen Lam
Tamanho do texto Aa Aa

Mark Zuckerberg foi convocado pelo parlamento britânico para esclarecer a alegada fuga dos dados de milhões de utilizadores do Facebook, que podem ter sido utilizados para influenciar as eleições presidenciais norte-americanas.

Onze deputados que integram o Comité dos Assuntos Digitais, Cultura e Meios de Comunicação da câmara dos comuns querem perceber se a rede social fundada por Zuckerberg protegeu de forma adequada a privacidade dos utilizadores.

De acordo com órgãos de comunicação social britânicos e norte-americanos, a consultora Cambridge Analytica, que também terá estado envolvida na campanha para o Reino Unido sair da União Europeia, obteve em 2014 a informação de mais de 50 milhões de utilizadores do Facebook nos Estados Unidos, com os quais criou um programa informático para perceber o sentido de voto das pessoas e influenciá-las nas decisões políticas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.