Última hora

Última hora

Gustavo Dudamel anima ateliê com 300 jovens no México

Em leitura:

Gustavo Dudamel anima ateliê com 300 jovens no México

Gustavo Dudamel anima ateliê com 300 jovens no México
Tamanho do texto Aa Aa

Três centenas de crianças e jovens músicos de todo o continente americano participaram, no início de março, no México, no ateliê "Encontros", animado pelo maestro Gustavo Dudamel. A promoção da música na infância é um dos cavalos de batalha da estrela venezuelana da música clássica. Em entrevista à euronews, Dudamel falou da infância e do trabalho que desenvolve com o público infantojuvenil.

"Na minha infância, na Venezuela, fiz parte de um programa lindo e maravilhoso chamado El Sistema, as orquestras de crianças e jovens. É muito importante, para mim, partilhar essa forma de aprender música, de relacionar-se com as pessoas através da música, aprender com os outros e trabalhar em equipa. Foi assim que aprendi a tocar. É por isso que fazemos este ateliê. Permite aos jovens partilharem os seus conhecimentos, terem prazer com a música e saberem que não estão sozinhos. Não sou muito jovem, mas ainda sou jovem. Não me sinto longe deles. Quando vejo uma criança tocar numa orquestra, revejo-me nela. Sinto como se tivesse no lugar dela, sinto que estou dentro da cabeça dela e sobretudo dentro da alma e do coração. É por isso que este ateliê é tão importante. Mais do que aquilo que nós lhes damos, são eles que nos dão tudo. É uma fonte de inspiração. É a vida. Para mim, o dia em que cada criança e em que cada jovem do mundo possa ter acesso à música como algo natural que faz parte da vida, esse dia vai ser o mellhor", contou Gustavo Dudamel, em entrevista à euronews.

Mais sobre musica