Última hora

Polícia encontrou gravação deixada pelo suspeito do ataque de Austin

Polícia encontrou gravação deixada pelo suspeito do ataque de Austin
Direitos de autor
reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia de Austin encontrou um gravação dentro do telemóvel de Mark Conditt, o bombista suicida, suspeito do ataque de 2 de Março.

Uma "espécie de confissão", é assim que a polícia classifica o ficheiro de aúdio de 25 minutos deixado pelo suspeito.

Brian Manley, chefe da polícia de Austin, revelou que a gravação "não menciona nada relacionado com terrorismo, nem sequer menciona nada sobre ódio", e que apenas revela uma "espécie de confissão" de um jovem "muito proativo a falar de desafios da vida pessoal.".

Mark Conditt, um jovem de 23 anos, é suspeito de ter colocado explosivos em várias encomendas da FedEx, ataque que acabou por matar duas pessoas e deixar quatro feridas.

Semanas depois, a polícia conseguiu localizar o suspeito, e, no momento da detenção, o jovem ativou a bomba que trazia dentro do veículo onde seguia.

Mais tarde, o FBI encontrou material de fabrico de explosivos em casa do suspeito, material que, segundo a investigação, era muito parecido com aquele que foi encontrado no local do ataque.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.