Última hora

Última hora

França presta homenagem ao guarda-herói

Em leitura:

França presta homenagem ao guarda-herói

Macron condecorou o guarda que morreu no atentado terrorista
@ Copyright :
REUTERS/Christian Hartmann
Tamanho do texto Aa Aa

"Um homem que encarna o espírito francês de resistência" - foi desta forma que o Presidente francês definiu o guarda que morreu durante o atentado terrorista no sul de França, na semana passada.

O tributo a Arnauld Beltrame, esta quarta-feira, começou com um minuto de silêncio em todos os quarteis franceses.

Paris foi palco da homenagem principal a este homem que, com um gesto heróico, parece ter restaurado a confiança dos franceses na fraternidade.

Arnauld Beltrame tinha 44 anos. Liderou a primeira equipa de Gendarmes que chegou ao supermecardo onde ocorreu o atentado e convenceu o terrorista a libertar a mulher que lhe servia de escudo, tomando o seu lugar.