Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Rio de Janeiro a 'ferro e fogo' com intervenção militar

Rio de Janeiro a 'ferro e fogo' com intervenção militar
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A intervenção militar no Rio de Janeiro começa a ganhar peso nas ruas, com milhares de soldados em ação para colocar um travão na espiral da violência. A 'Cidade Maravilhosa' vive uma guerra de gangs de tráfico de droga que lutam pelo controlo de várias zonas da cidade.

O complexo de Lins, na zona norte do Rio, foi alvo nas últimas horas da maior operação desde que foi declarada a intervenção federal. Quase 4.000 homens, entre os quais 3.400 das forças armadas e 500 polícias, contaram com a ajuda de veículos blindados e aeronaves na operação.

Depois de um tiroteio entre criminosos e agentes no interior da comunidade, a intervenção do Comando Militar de Leste terminou com a detenção de 24 pessoas.

De acordo com sondagens recentes, a maioria da população do Rio defende a intervenção militar. No entanto, muitos acreditam que esta ainda não fez a diferença na luta contra a violência.