EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Rio de Janeiro a 'ferro e fogo' com intervenção militar

Rio de Janeiro a 'ferro e fogo' com intervenção militar
Direitos de autor 
De  João Paulo Godinho
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As forças armadas levaram a cabo a maior operação desde que foi decretada a intervenção federal na cidade, com quase 4.000 efetivos no Complexo do Lins.

PUBLICIDADE

A intervenção militar no Rio de Janeiro começa a ganhar peso nas ruas, com milhares de soldados em ação para colocar um travão na espiral da violência. A 'Cidade Maravilhosa' vive uma guerra de gangs de tráfico de droga que lutam pelo controlo de várias zonas da cidade.

O complexo de Lins, na zona norte do Rio, foi alvo nas últimas horas da maior operação desde que foi declarada a intervenção federal. Quase 4.000 homens, entre os quais 3.400 das forças armadas e 500 polícias, contaram com a ajuda de veículos blindados e aeronaves na operação.

Depois de um tiroteio entre criminosos e agentes no interior da comunidade, a intervenção do Comando Militar de Leste terminou com a detenção de 24 pessoas.

De acordo com sondagens recentes, a maioria da população do Rio defende a intervenção militar. No entanto, muitos acreditam que esta ainda não fez a diferença na luta contra a violência.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Quase 1000 mortos pela polícia durante intervenção militar no Rio

Militares tomam conta da Cidade de Deus

Brasil: foram chamados para salvar crianças, mas acabaram numa operação de "salvamento" de armas