Última hora

Última hora

Militares tomam conta da Cidade de Deus

Em leitura:

Militares tomam conta da Cidade de Deus

Militares tomam conta da Cidade de Deus
@ Copyright :
REUTERS/Ricardo Moraes
Tamanho do texto Aa Aa

Seis favelas do Rio de Janeiro estão ocupadas por mais de 5 mil militares e agentes de segurança.

A operação de fiscalização começou esta quinta-feira na Cidade de Deus.

Para além das ruas, carros e autocarros foram passados a pente fino.

Há registo de várias trocas de tiros e da detenção de pelo menos 15 pessoas.

É a maior operação militar desde que o Comando Conjunto das Forças Armadas ganhou jurisdição no Rio de Janeiro.

O porta-voz do exército já veio garantir que vão manter o "patrulhamento ostensivo" das favelas. Uma estratégia que pretende ser dissuasora da violência. O objetivo é enfraquecer a facção criminosa Comando Vermelho e abrir caminho para que a Polícia Militar reassuma o controle da região, habitada por cerca de 200 mil pessoas.

Os militares foram convocados em Fevereiro para liderar a operação de segurança no Rio de Janeiro.