Última hora

Última hora

Puigdemont "preocupado" com possível extradição

Em leitura:

Puigdemont "preocupado" com possível extradição

Puigdemont "preocupado" com possível extradição
Tamanho do texto Aa Aa

O domingo de Páscoa foi dia de protesto para centenas de manifestantes que se concentraram perto da Porta de Brandemburgo, em Berlim. Debaixo de chuva, munidos de cartazes e de bandeiras catalãs apelaram, em uníssono, à libertação de Carles Puigdemont.

O ex-presidente do Governo Regional da Catalunha cedeu o controlo dos perfis nas redes sociais mas o Twitter foi usado para recordar que passaram seis meses desde que se realizou o referendo à autodeterminação, a 1 de outubro, que os presos políticos estão livres de espírito e que essa data marcou o início de uma nova era.

De acordo com o deputado alemão Diether Dehm (do partido de esquerda Die Linke) que visitou o líder catalão este domingo, no centro penitenciário alemão de Neumünster, Puigdemont está "preocupado" com uma possível extradição para Espanha por recear não ser tratado com boas condições.

A revista alemã Der Spiegel revelou na sexta-feira que o Governo não tem intenção de vetar a decisão da justiça sobre a petição de extradição.