A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Protesto aborígene contra Jogos da Commonwealth

Protesto aborígene contra Jogos da Commonwealth
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

"Sem justiça não há jogos." Estas foram algumas das palavras mais ouvidas na véspera da cerimónia de abertura dos Jogos da Commonwealth, na Austrália.

Dezenas de manifestantes aborígenes e defensores dos direitos humanos protestaram contra a realização do evento multidesportivo que decorre em Gold Coast até 15 de abril. Pelo menos três pessoas foram detidas.

"Temos de mostrar que os jogos não deviam ser aqui" refere o manifestante Dylan Voller.

Durante a tarde, os manifestantes bloquearam estradas e exigiram justiça para aborígenes australianos. Um protesto organizado por elementos da chamada Resistência aborígene e pela Embaixada da Soberania aborígene de Brisbane.