A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Lula deverá entregar-se este sábado

Lula deverá entregar-se este sábado
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

De antigo presidente a "guerreiro", a palavra que mais ecoou entre os apoiantes de Lula da Silva, reunidos durante a noite frente ao Sindicato dos Metalúrgicos na zona de São Paulo.

Ao que tudo indica, Lula, refugiado neste edifício em desafio ao mandado de prisão, terá chegado entretanto a acordo com a Polícia Federal para entregar-se às autoridades este sábado, evitando confrontos, após a missa que irá realizar-se em memória da antiga primeira-dama.

Mas, num Brasil profundamente dividido, todos esperam para saber se o líder histórico do Partido dos Trabalhadores, condenado a 12 anos de prisão por corrupção e pré-candidato às presidenciais, vai mesmo ser encarcerado.

Entre os que exigem o fim da impunidade e os que denunciam uma conspiração política, joga-se a corrida ao mais alto cargo do país.