Última hora

Última hora

OMS e UNICEF lançam guia sobre amamentação

Em leitura:

OMS e UNICEF lançam guia sobre amamentação

OMS e UNICEF lançam guia sobre amamentação
Tamanho do texto Aa Aa

A Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) lançaram, esta quarta-feira, uma revisão dos dez passos recomendados a profissionais de saúde e hospitais para promover o aleitamento materno.

O novo guia faz parte da iniciativa "Hospitais Amigos dos Bebés", lançada pelas duas entidades em 1991.

Entre outras coisas, o documento recomenda o uso limitado de substitutos do leite materno.

"A amamentação é extremamente importante, em primeiro lugar porque protege vidas. Salva milhares de crianças todos os anos, ano sim ano não. Também promove o crescimento saudável. As crianças são mais altas. Têm menos possibilidade de apresentar excesso de peso ou de serem obesas mais tarde. Promove ainda o desenvolvimento cerebral e protege a saúde das mães. A amamentação está associada a um menor risco de desenvolvimento de cancro da mama e diabetes entre as mulheres. Como se percebe há muitas razões para proteger e incentivar esta prática", sublinha Víctor Aguayo, chefe do programa de nutrição da UNICEF.

De acordo com um comunicado, amamentar todos os bebés nos dois primeiros anos permite salvar, anualmente, as vidas de mais de 820 mil crianças com menos de cinco anos de idade.