A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Volkswagen anuncia reestruturação

Volkswagen anuncia reestruturação
Direitos de autor
REUTERS/Fabian Bimmer
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Grupo Volkswagen pretende criar seis unidades operacionais, apostar na China e estuda a venda de ativos com o objetivo de ser mais eficiente.

O novo presidente do construtor automóvel alemão, Herbert Diess, anunciou que é necessário acelerar a transformação da empresa: "A base do nosso desenvolvimento é a nossa convicção de que um grupo mais leve orienta marcas fortes. É nisso que se concentra a nova estrutura administrativa do grupo Volkswagen"

Na primeira conferência de imprensa, nas novas funções, Diess explicou que as marcas do aglomerado vão organizar-se em três grupos. O primeiro vai incluir a Volkswagen, a Skoda e a Seat; o segundo será constituído pela Audi; e o terceiro englobará a Porsche, Bentley, Bugatti e depois a Lamborghini.

A divisão foi feita tendo por base o preço dos veículos.

O novo presidente anunciou, ainda, que a Volkswagen está a preparar a entrada na bolsa do negócio de autocarros e camiões através da Volkswagen Truck and Bus.

A ação irá permitir ao grupo financiar-se, mais facilmente, no mercado de capitais.