EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Napolitano ouvido sobre contactos entre políticos e máfia

Napolitano ouvido sobre contactos entre políticos e máfia
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

O presidente italiano Giorgio Napolitano teve agora a prova de fogo do mandato, ao ser ouvido, como testemunha, pelos procuradores de Palermo, num processo para perceber se o Estado italiano esteve, ou não, envolvido em negociações com a máfia siciliana nos anos 90.

Segundo os advogados, Napolitano respondeu a todas as perguntas que lhe foram colocadas.

Em causa está um período negro na história da luta contra a “Cosa Nostra”. Em 1992, no espaço de poucos meses, dois juízes que encabeçavam o combate contra a máfia, Giovanni Falcone e Paolo Borsalino, foram assassinados em atentados muito semelhantes.

O “capo dei capi”, chefe supremo da máfia, Totò Riina, foi preso um ano depois. Por esclarecer está ainda a natureza dos contactos que Riina terá mantido com responsáveis políticos na altura.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Secas, desertificação, ondas de calor: a crise climática atinge duramente a Sicília

Liga de Salvini abandona grupo de Meloni no Parlamento Europeu. Há riscos para o governo italiano?

Alpinistas polacos salvos nos Alpes Ocidentais italianos