Última hora

Última hora

Fantasmas amorfos de um homem casado em "Amoureux de ma femme"

Em leitura:

Fantasmas amorfos de um homem casado em "Amoureux de ma femme"

Fantasmas amorfos de um homem casado em "Amoureux de ma femme"
Tamanho do texto Aa Aa

Um jantar traz para luz do dia os fantasmas amorfos de um homem casado. A comédia "Amoureux de ma femme", uma adaptação de uma peça de teatro de Florian Zeller é assinada por Daniel Auteuil, ator, encenador e realizador francês.

"A verdadeira história começa quando vejo chegar uma mulher jovem e começo a sonhar, a imaginar coisas. A partir daí, há dois filmes que se juntam, ou seja, a realidade e a ficção. E nessa altura estamos numa fantasia amorosa" refere Daniel Auteuil, ator e realizador.

"O direito ao sonho que cada um dá ao outro, o direito a sonhar é primordial, sobretudo, passado algum tempo da vida de casal. O amor não desaparece. Talvez o desejo esmoreça, mude ou adormeça um pouco. É, também, um filme sobre o desejo. Sobre o desejo perdido e que pode ser reencontrado. É um filme otimista e quase um conto moral. Apesar de tudo o que a personagem principal diz e imagina" adianta Auteuil.

Imaginação e um elenco de luxo que conta com a presença de Gérard Depardieu e da atriz espanhola Adriana Ugarte.

O filme já estreou em França. Itália é o país que se segue, em maio.

Mais sobre cinema