EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Morte de Dhlakama pode dar "mais espaço à ala radical da Frelimo"

Morte de Dhlakama pode dar "mais espaço à ala radical da Frelimo"
Direitos de autor 
De  Michel Santos
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Numa entrevista à Euronews, António Chichone, ex-representante da Renamo, explica o que está em jogo no partido e em Moçambique com a morte do líder histórico da oposição moçambicana, Afonso Dhlakama.

PUBLICIDADE

A morte de Afonso Dhlakama, líder histórico da Resistência Nacional de Moçambique (Renamo), abre uma nova era política em Moçambique. Existem vários cenários possíveis no futuro do país africano, incluindo a "possibilidade da ala radical da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), partido no poder, ganhar mais espaço" pelo facto de ver afastada a personalidade que comandou a Renamo durante quase 40 anos. A opinião é de António Chichone, ex-representante do partido em Portugal e na Europa.

Renamo e Frelimo foram os protagonistas de uma sangrenta guerra civil entre 1976 e 1992.

Nome do jornalista • Michel Santos

Editor de vídeo • Michel Santos

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Renamo oficializa candidatura de Ossufo Momade à presidência

Moçambique: Libertados os seguranças de Dhlakama