Última hora

Última hora

Banco de Inglaterra mantém taxa de juro e baixa estimativa de crescimento

Em leitura:

Banco de Inglaterra mantém taxa de juro e baixa estimativa de crescimento

Banco de Inglaterra mantém taxa de juro e baixa estimativa de crescimento
@ Copyright :
Frank Augstein/pool via Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

Sem surpresas, o Banco de Inglaterra decidiu manter inalterada nos 0,5% a sua taxa de juro de referência e baixou as estimativas do crescimento da economia britânica para 2018, essencialmente afetadas pelos nevões do início do ano e sobretudo pelas incertezas face ao Brexit.

O Produto Interno Bruto do Reino Unido registou um aumento de apenas 0,1% no primeiro trimestre do ano, o mais fraco crescimento desde 2012.

Para o banco central britânico, o abrandamento pode ser apenas temporário e a instância não descarta um aumento dos juros ainda este ano, provavelmente no Verão.

O governador do Banco de Inglaterra, Mark Carney, admitiu que "apesar das tempestades de Fevereiro e Março terem dado lugar a céus mais ensolarados, as perspectivas económicas do Reino Unido continuam ensombradas pelas incertezas do Brexit. Apesar do bem-vindo acordo sobre um período de transição, os termos das relações comerciais entre o Reino Unido e a União Europeia para além desse período continuam por definir".

O fraco início do ano, levou a instância a reduzir de 1,8% para 1,4% a previsão de crescimento do país para este ano.

Para 2019 e 2020, o Banco de Inglaterra prevê que o PIB britânico cresça 1,7%, menos uma décima percentual do que a última estimativa, apresentada em fevereiro.