A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Coreia do Norte promete desativar complexo nuclear

Coreia do Norte promete desativar complexo nuclear
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Aquele que era um motivo de orgulho num regime militarizado como a Coreia do Norte pode deixar de existir? Pyongyang anunciou que vai desmantelar o complexo de testes nucleares até ao dia 25 de maio.

Uma promessa que surge depois de o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, afirmar que a Coreia do Norte terá um "futuro de prosperidade" se abdicar das armas nucleares.

A vontade de mudança é notória para os responsáveis do Programa Alimentar Mundial (PAM), que acabaram de terminar uma raríssima visita ao país.

"Temos boas e más notícias. A boa notícia é: há melhorias. Estamos a fazer a diferença e a trabalhar arduamente para garantir a segurança alimentar. A má notícia é que apenas 15% do território é solo arável. E eles enfrentam constantemente cheias, secas e situações de malnutrição. Por isso, estamos a trabalhar em conjunto para ajudar a resolver os problemas alimentares", declarou David Beasley, diretor executivo do PAM.

Se o futuro será ou não radioso, o regime promete convidar jornalistas estrangeiros para visitar as infraestruturas desativadas e dissipar as dúvidas que existem.