Última hora

Última hora

Coreia do Norte rejeita desnuclearização "unilateral"

Em leitura:

Coreia do Norte rejeita desnuclearização "unilateral"

Coreia do Norte rejeita desnuclearização "unilateral"
Tamanho do texto Aa Aa

A Coreia do Norte não está interessada numa cimeira com os Estados Unidos, se o encontro se reduzir à "exigência unilateral" do desarmamento nuclear.

A declaração foi feita pelo vice-ministro dos Negócios Estrangeiros de Pyongyang, poucas horas depois de ter cancelado uma reunião com os vizinhos da Coreia do Sul por causa das manobras militares conjuntas de Seul e Washington.

Na terça-feira, a porta-voz do Departamento de Estado norte-americano garantiu que não tinha recebido qualquer informação por parte do governo sul coreano sobre a interrupção dos exercícios militares nem sobre a suspensão do encontro entre Donald Trump e Kim Jong Un no próximo mês.

Entretanto, o Ministério da Defesa sul-coreano garantiu que os exercícios militares vão continuar apesar reação da Coreia do Norte e explica que se destinam a melhorar as habilidades dos pilotos e "não são exercícios de ataque".

Recorde-se que a histórica cimeira entre o líder norte-coreano, Kim Jong-un, e o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, está marcada para 12 junho em Singapura mas agora pode estar ameaçada.

A Coreia do Norte comprometeu-se a acabar com os testes nucleares e a desmantelar as centrais em troca de apoio económico internacional mas agora Pyongyang garante que não vai participar numa negociação que coloque o país "a um canto".