RD Congo em alerta com chegada do Ébola às grandes cidades

Access to the comments Comentários
De  Euronews
RD Congo em alerta com chegada do Ébola às grandes cidades
Direitos de autor  REUTERS/Kenny Katombe

No dia em que Kinshasa, a capital da República Democrática do Congo, recebeu um carregamento de 4000 vacinas contra o Ébola, o país foi alarmado pelas notícias de que o vírus foi detetado na cidade de Mbandaka.

Até agora, os 23 mortos causados pela epidemia tinham ocorrido somente em áreas mais isoladas, permitindo às autoridades conter de forma mais eficaz a expansão do problema.

De acordo com o ministério da saúde congolês, Mbandaka pode abrir uma perigosa nova fase no combate ao vírus, já que tem quase um milhão de habitantes.

Mas será também um combate reforçado com a nova vacina experimental, desenvolvida há dois anos, e que será utilizada pela primeira vez na República Democrática do Congo.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) garantiu também estar pronta para enviar mais vacinas, caso sejam necessárias, embora a sua conservação seja difícil, uma vez que requer o armazenamento sob temperaturas muito baixas num país com poucas instalações médicas e científicas aptas.

Esta é já a nona vez que casos de Ébola são registados no país desde que a doença fez a sua primeira aparição junto do rio Ébola nos anos 70.