EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Venezuela aguarda eleições presidenciais

Maradona no comício de Nicolas Maduro
Maradona no comício de Nicolas Maduro
Direitos de autor 
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Candidatos presidenciais encerraram campanhas por entre apelos ao voto e esperança no futuro

PUBLICIDADE

Na Venezuela, a campanha eleitoral para as presidenciais de domingo chegou ao fim.

Em Caracas, o presidente Nicolas Maduro encerrou o comício com um convidado especial, nada mais, nada menos do que a estrela argentina de futebol, Diego Maradona.

No final, Maduro deixou um recado aos potenciais eleitores.

"Eles estão a tirar de mim o poder de agir contra as máfias criminosas da economia e tudo aquilo que quero fazer com o poder que vocês têm que me dar. Peço-vos que me deem o poder."

De recordar que a oposição boicotou as eleições. Mesmo assim, Maduro permanece o candidato favorito apesar de 75% da população desaprovar da forma como gere o país.

Outro candidato presidencial, Henri Falcon, responsabilizou o presidente pela situação difícil que o país atravessa.

"Não vamos ficar de braços cruzados porque temos que sair e defender a Venezuela e eu, aqui e agora, digo a Nicolas Maduro que as pessoas querem que ele vá para o inferno porque ele causou muitos danos ao país", afirmou o antigo militar e amigo pessoal de Hugo Chávez.

Algumas sondagens colocam Maduro e Falcon em igualdade ao nível das intenções de voto com o restante candidato, Javier Bertucci, em terceiro lugar.

A Venezuela atravessa uma crise sem precedentes. Centenas de milhar de venezuelanos já abandonaram o país dirigindo-se para a Colômbia e para o Brasil

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Grupo de Lima exige suspensão de presidenciais na Venezuela

Jovens venezuelanas vítimas das máfias do Peru

Arrancou campanha para as presidenciais venezuelanas