EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

EUA e China reforçam relações comerciais

EUA e China reforçam relações comerciais
Direitos de autor 
De  Nara Madeira
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em Washington, EUA e China, aproximaram políticas comerciais e estabeleceram novas metas.

PUBLICIDADE

China e EUA terminam guerra comercial e imposição de novas taxas aduaneiras. A informação foi avançada em comunicado conjunto depois de um encontro do vice-primeiro-ministro chinês com o secretário do Tesouro de Trump, em Washington.

O acordo firmado permitirá diminuir o deficit comercial, entre os dois países, com a China a comprometer-se a aumentar, significativamente, a compra de bens e serviços aos EUA. Os produtos agrícolas e a energia, serão os setores, para já, a serem explorados. As metas a cumprir foram definidas. Numa visita a Pequim, há duas semanas, os americanos exigiam uma redução de 200 mil milhões de dólares no deficit comercial até 2020.

Chineses e norte-americanos propõem-se ainda a aumentar a cooperação na questão da propriedade intelectual, um dos "calcanhares de Aquiles" da China.

Após o anúncio o responsável norte-americano afirmava que o país "suspendeu" temporariamente a imposição de tarifas à China.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Diplomacia dos pandas: primeiro-ministro chinês visitou zoo de Adelaide para ver Wang Wang e Fu Bi

Hong Kong é palco da espetacular corrida anual de barcos-dragão

Polícia de Hong Kong realiza diversas operações no aniversário de Tiananmen