Judo: os resultados finais do Grande Prémio de Hohhot 2018

Momento da final entre Naidan Tuvshinbayar e Duurenbayar Ulziibayar
Momento da final entre Naidan Tuvshinbayar e Duurenbayar Ulziibayar Direitos de autor Federação Internacional de Judo
De  Monica Carlos
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Naidan Tuvshinbayar, o primeiro campeão olímpico da Mongólia, revelou-se o homen do dia.

PUBLICIDADE

Terminou hoje o Grande Prémio de Hohhot 2018, que teve lugar na China. O terceiro e último dia da competição concluíu com uma celebracão mongol já que Naidan Tuvshinbayar, o primeiro campeão olímpico da Mongólia, revelou-se o homen do dia.

No seu primeiro combate, o judoca prevaleceu sobre o seu adversário, o atual campeão do mundo David Moura, do Brasil, antes de enfrentar e vencer no combate seguinte o fantástico iraniano Javad Mahjoub, que esteve ele próprio na sua melhor forma.

Avançando para a meia-final, Naidan mediu forças e acabou por vencer Bekmurod Oltiboev, do Uzbequistão. 

Já na final, Naidan conquistou a sua primeira medalha de ouro num Grande Prémio da modalidade desde 2015, levando a melhor sobre o seu adversário e companheiro de equipa Duurenbayar Ulziibayar. Naquele que foi um combate de elevado nivél técnico, Naidan ganhou a liderança sobre o tatami com um bonito waza-ari e consagrou-se logo depois com o sensacional Ippon da vitória.

Na competição feminina, a japonêsa Ruika Sato revelou-se a mulher do dia. Na final, a judoca nipónica deu o seu melhor ao enfrentar um combate duro frente à atual campeã do mundo Mayra Aguiar, do Brasil.

Num contra-ataque inteligente, Ruika Sato ganhou a vantagem com um waza-ari, e acabou por atirar ao tapete a brasileira e assegurar a vitória.

Sato esteve na sua melhor forma e levou os ânimes em Hohhot ao júbilo.

Nos -100kg masculinos o protagonismo coube à Coréia, com Guham Cho a conquistar a medalha de ouro ao derrotar na final o russo Kazbek Zankishiev, com um vistoso waza-ari.

O poderio japonês estendeu-se à categoria dos +78kg femininos, quando a Campeã Mundial nos Júniores Akira Sone ganhou a liderança sobre a coreata Kim Minjeong com um belíssimo waza-ari e depois a vitória Ippon, alcançando assim o lugar mais alto do pódio.

Já nos -90kg masculinos o vencedor revelou-se o Gwak Dong-Han, da Coréia.

Apesar de ausentes do pódio, o combate entre o campeão olímpico Mashu Baker, do Japão, e o campeão do mundo da Sérvia Nemanja Majdov, esteve na origem do movimento do dia, quando Baker controlou o seu adversário com um impressionate Ippon da vitória.

Yahima Ramirez (-78 kg) foi a única representante lusa no último dia da prova, terminando num honroso 7º lugar.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

As figuras do segundo dia no Grande Prémio de Judo de Hohhot

Jorge Fonseca e Teddy Riner conseguem ouro no Grand Slam de Antália

Turquia: Dia 2 do Grand Slam de Judo em Antalya